Mormon Newsroom
Declaração Oficial

Mensagem da Primeira Presidência sobre Mudanças na Investidura do Templo

A Primeira Presidência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias divulgou a seguinte mensagem na segunda-feira, 20 de julho de 2020, sobre mudanças na cerimônia de investidura no templo:

Os ensinamentos sagrados, promessas e cerimônias do templo são de origem antiga, e apontam os filhos de Deus para Ele quando fazem mais convênios e aprendem mais sobre o Seu plano, incluindo o papel do Salvador Jesus Cristo.

Por inspiração, os métodos de instrução na experiência do templo mudaram muitas vezes, mesmo na história recente, para ajudar os membros a entender e viver melhor o que aprenderam no templo.

Parte da experiência do templo inclui a realização de convênios ou promessas sagradas a Deus. A maioria das pessoas está familiarizada com atos simbólicas que acompanham a realização dos convênios religiosos (como oração, imersão de uma pessoa no batismo ou dar as mãos durante uma cerimônia de casamento). Ações simples e simbólicas semelhantes acompanham a realização dos convênios do templo.

Com uma preocupação por todos e um desejo de aprimorar a experiência de aprendizado no templo, mudanças recentes foram autorizadas para a cerimônia de investidura no templo.

Dada a sacralidade das cerimônias do templo, pedimos aos nossos membros e amigos que não se envolvam em especulações ou discussões públicas sobre essas mudanças. Em vez disso, convidamos os membros da Igreja a continuarem ansiosos pelo dia em que possam retornar e participar plenamente da obra sagrada do templo em espírito de oração e gratidão.

A reabertura do templo em fases está a ser anunciada todas as semanas desde 11 de maio de 2020. A maioria dos templos está na fase 1 de reabertura. A partir de 27 de julho, 12 templos entrarão na Fase 2. Veja a lista completa dos templos e a sua situação atual.
 

Saiba mais sobre a investidura no templo aqui.

Observação do Guia de Estilo: Em notícias sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, pedimos que use o nome completo da Igreja na primeira referência. Para mais informações quanto ao uso do nome, aceda ao Guia de Estilo.